Quando deve ser feito o teste rápido para a Covid-19? E o RT-PCR?

Tempo de leitura
5 minutos
Postagem
18/08/2020
Quando deve ser feito o teste rápido para a Covid-19? E o RT-PCR?

O teste rápido (imunocromatográfico) é utilizado na detecção de anticorpos contra o SARS-CoV-2. Ele detecta a presença de anticorpos no sangue do paciente (poucas gotas extraídas por punção do dedo), que são produzidos pelo sistema imunológico após o contato com o coronavírus. A produção desses anticorpos requer algum tempo e, por isso, esse teste só deve ser realizado ao menos 8 dias após o início dos sintomas (ideal por volta do 10º dia). A realização do teste antes desse período pode levar a um resultado “falso negativo”, por não haver quantidades suficientes de anticorpos nesses momentos. Alguns testes rápidos podem discriminar a presença de diferentes anticorpos, como o IgM, que é produzido mais prontamente e pode ser indicativo de uma infecção mais recente, e o IgG, que é produzido posteriormente e sugere exposição passada ao coronavírus. A função do teste rápido é avaliar o estado imunológico do paciente frente ao SARS-CoV-2, já que a presença de anticorpos sugere exposição anterior ao vírus, embora resultados “falsos positivos” possam surgir pela presença de anticorpos para outros vírus. Por isso, o teste rápido não deve ser usado para confirmar diagnóstico atual de COVID-19.

Já o RT-PCR (reação em cadeia de polimerase com transcrição reversa em tempo real) é o teste molecular utilizado como padrão-ouro para a detecção do SARS-CoV-2. Ele detecta o material genético do vírus em secreções do paciente, geralmente coletadas na orofaringe e nasofaringe por swab, embora outras amostras possam ser utilizadas (escarro, lavado broncoalveolar, etc.). A carga viral é maior no início da infecção e, por isso, a realização do RT-PCR é recomendada, preferencialmente, nos primeiros 7 dias após o início dos sintomas. Por isso, esse teste é o recomendado para confirmar o diagnóstico atual de COVID-19 em pacientes com suspeita clínica.

Não está recomendada a realização de RT-PCR ou teste rápido para suspenção do isolamento domiciliar. A suspensão do isolamento domiciliar deve ser orientada conforme as condições clínicas do paciente (10 dias de isolamento + ausência de sinais e sintomas por, pelo menos, 24h).

Referências

Hassel Dias et al. Orientações sobre diagnóstico, tratamento e isolamento de pacientes com COVID-19. Journal of Infection Control 2020; 9(2): 56-75. Disponível em: http://jicabih.com.br/index.php/jic/article/view/295. Acesso em: 30 Jul. 2020.

Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Testes para Covid-19: perguntas e respostas. Última atualização: 14 Maio 2020. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/noticias/-/asset_publisher/FXrpx9qY7FbU/content/testes-para-covid-19-perguntas-e-respost-1/219201. Acesso em: 30 Jul. 2020.

Centers for Disease Control and Prevention. Testing for COVID-19. Última atualização: 24 Jun. 2020. Disponível em: https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/symptoms-testing/testing.html. Acesso em: 30 Jul. 2020.

Secretaria de Estado de Saúde. Vigilância em Saúde / Gerência Técnica de Influenza e Doenças Respiratórias. Nota Técnica n.ª 14. Campo Grande:Secretaria de Estado de Saúde, 2020. Disponível em: https://www.saude.ms.gov.br/wp-content/uploads/2020/07/Nota-T%C3%A9cnica-COVID-19-Revis%C3%A3o-14-31-07-2020.pdf  Acesso em 12 de agosto de 2020.

Descritores CIAP2

R74 – Infecção aguda do aparelho respiratório superior (IVAS)

Teleconsultores

Lucas Gazarini – Farmacêutico, Doutor em Farmacologia, Docente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e do Curso de Graduação em Medicina do Campus de Três Lagoas da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/5145465424080347

 

Gabriela de Oliveira da Silva Bastos – Graduanda do Curso de Graduação em Medicina do Campus de Três Lagoas da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/4935773424989286

 

Sabrina Zancani Ribeiro – Graduanda do Curso de Graduação em Medicina do Campus de Três Lagoas da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/9612333101829945

Com dúvida clínica?

Essa resposta foi gerada a partir de Teleconsultoria, canal gratuito para resolução de dúvidas de profissionais da saúde.

Gostou? Tem mais!

Confira mais Perguntas Frequentes.

Veja o que tem sido mais perguntado pelos profissionais de saúde do Mato Grosso do Sul.

Horário de Funcionamento

7h30 às 17h30

Horário Oficial de Mato Grosso do Sul

Nos ligue!

Telessaúde MS

(67) 3345-8070

CETELTI | TI do Telessaúde MS

(67) 3345-8011

SES | Help Desk | Suporte em TI

(67) 3323-7100, opção 1

Fale Conosco

Copyright © 2020 - Telessaúde MS - CETELTI Ana Damore