Monthly Archives:janeiro 2020

Agenda de Entrevistas

31 jan , 2020,
Ana Damore
No Comments

Wide_Agendamento_Entrevistas_2020FINAL-01

Confira a Agenda de Entevistas: AgendaDeEntrevistas_CredenciamentoEdital_Nº005_SÉTIMOADENDO_2020

Local de entrevistas dos candidatos: Av. Senador Filinto Müler, 1480 – Pioneiros, Campo Grande – MS

Escola Pública de Saúde –  Telessaúde MS

 

Telessaúde MS Explica: Quantos tipos de Dengue existem?

16 jan , 2020,
Ana Damore
No Comments

TS MS - telessaudeexplica01

De acordo com o Ministério da Saúde, existem 4 tipos de vírus de dengue.

Os 4 sorotipos são DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4

Vale lembrar que todos os sorotipos podem causar tanto a forma clássica da doença quanto a hemorrágica. Porém, de acordo com a Fiocruz, o DEN-3 é o responsável por causar formas mais graves da doença, seguido pelo DEN-2, DEN-4 e DEN-1. Esse último é visto como o mais explosivo dos quatro e pode causar grandes epidemias em um curto prazo.

Assintomática: a pessoa é infectada pelo vírus, mas não apresenta sintomas da doença.

Dengue Clássica: nesse caso, a primeira manifestação é febre alta (39° a 40°C) e de início abrupto, normalmente seguida de dor de cabeça ou nos olhos, cansaço ou dores musculares e ósseas, falta de apetite, náuseas, tonteiras, vômitos e erupções na pele (semelhantes à rubéola). A doença tem duração de cinco a sete dias e o período de convalescença pode ser acompanhado de grande debilidade física, estendendo-se por semanas.

Dengue Hemorrágica: a forma mais grave da doença, pode levar à morte. Nesse caso, o tratamento é realizado em um hospital e deve ser acompanhado de perto pelo médico. Vale lembrar que os sintomas são muito parecidos com o da Dengue Clássica, só que por volta do terceiro dia, o doente passa a ter sangramentos, principalmente nas gengivas e na pele, além de vômitos persistentes e dor abdominal intensa e contínua.

Febre Hemorrágica da Dengue ou Síndrome do Choque da Dengue: a manifestação mais grave e rara da Dengue hemorrágica apresenta características como palidez, hipotermia, alterações no nível de consciência, alterações circulatórias, pressão baixa e taquicardia, e pode levar à morte.

 

Fontes:

Ministério da Saúde: http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/dengue

Fundação Oswaldo Cruz MG: http://www.cpqrr.fiocruz.br/pg/dengue/

 

 

 

Web Aula: Arboviroses

jan , 2020,
Ana Damore
No Comments

Web Aula - Arboviroses

Web Aula: ARBOVIROSES

MANEJO CLÍNICO DAS ARBOVIROSES:
Dra Andyane Tetila – Médica Infectologista

FLUXOS DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA DAS ARBOVIROSES:
Enfermeira Jessica – Gerência Técnica de Doenças Endêmicas

ASPECTOS LABORATORIAIS DAS ARBOVIROSES:
Gislene Lichs – Lacen MS

Público Alvo: Profissionais da Atenção Básica, Técnicos de Enfermagem, Enfermeiros e Médicos.

Quarta-feira 22/01/2020 – A partir das 09:00h de MS (10:00 Brasília) estaremos com a sala de Web Aula Arboviroses
disponível a no link: http://telessaude.saude.ms.gov.br/participe/

1. Selecione as opções do seu município, no campo “Responsável” será o seu nome conectado na webconferência.
2. Após o preenchimento, clicar em “+ participante”, coloque todos os dados de todas as pessoas presentes clicando novamente para adicionar outro participante.
3. Caso não dê tempo de inserção de todos os participantes ou caso cheguem atrasados, você pode inserir após o termino da Web Aula, mas por favor, adicione no mesmo dia pois monitoramos por data.
4. Após a inserção de dados clique em salvar e confirme o seu nome.
5. Caso não tenha informações dos códigos de seu município e profissão, escreva seu cpf e digite pesquisar no link abaixo:

http://cnes.datasus.gov.br/pages/profissionais/consulta.jsp

6. Em seguida mostrará o nome que você digitou e clique em entrar.
7. Após o carregamento da página, abrirá duas opções: Microfone ou Somente ouvir,
recomendamos que clique em “Somente ouvir” e assista a Web Aula.
Suporte na utilização da plataforma de Web Conferência: (67) 3323-7100 opção 2 / Helpdesk
Obs.: A partir das 09:00h de MS (10:00h Brasília) estaremos com a sala de webconferência aberta para teste de conectividade e som e eventual auxilio na configuração de som e/ou vídeo.

Dicas para conexão:

Participação através de computador com acesso à internet banda larga.

É necessário: caixa de som, microfone e webcam (opcional) conectado ao computador

Acesse o endereço: http://webconf2.rnp.br/telessaude-ms e escolha “entrar como convidado”

Digite seu nome, município e função e clique em “entrar” – Exemplo: “Maria – Campo Grande – Enfermeira”

Aguarde um instante: Seja bem-vindo à sala virtual!
Obs.: No dia 22/01/19, a partir das 08h30min, a sala de webconferência estará aberta para teste de conectividade e som e eventual auxilio na configuração de som e/ou vídeo.

Mais informações: http://telessaude.saude.ms.gov.br/portal/?p=782
Equipe Telessaúde Brasil Redes Mato Grosso do Sul
(67) 3345-8070